Morre o pastor Edison Queiroz

edison-queirozMorreu nesta quinta-feira, aos 67 anos, o pastor Edison Queiroz, líder da Primeira Igreja Batista de Santo André (SP). Ele era conhecido pelo seu engajamento em atividades missionárias, atestado por estas informações extraídas do Portal Guiame:

Formado em Teologia pela Faculdade Teológica Batista de São Paulo e em Administração de Empresas, o pastor Edison Queiroz acabou se tornando bem conhecido por ser um grande mobilizador de missões. Ele conseguiu implantar uma sólida visão missionária em sua igreja e chegou a ter 42 unidades missionárias em todo o mundo.

Por meio do COMIBAM (Cooperação Missionária Iberoamericana), ele conseguiu implantar a visão missionária na América Latina e por meio da COMHINA (Cooperação Missionária dos Hispanos da América do Norte) nos EUA.

Ainda segundo o Portal Guiame, a causa da morte foi um câncer no cérebro. Ele estava internado desde o mês de junho

Não o conheci pessoalmente, mas trabalhei na última edição de seu livro A igreja local e missões, publicada pela Vida Nova em 2014.

Ah, o povo!

Twitter - multidão

Morre o pastor Cezino Bernardino

Cesino BernardinoMorreu às 13h20 deste sábado, aos 81 anos, o pastor Cesino Bernardino, fundador e presidente dos Gideões Missionários da Última Hora (GMUH) e pastor da da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Camboriú (SC). Ele estava internado na UTI do Hospital Santa Catarina, em Blumenau. Com graves problemas nos rins e nos pulmões, achava-se em coma profundo desde o final de junho, após uma cirurgia.

Tive a oportunidade de entrevistá-lo em duas ocasiões, em matérias publicadas no jornal O Assembleiano, uma sobre a festa anual dos GMUH e outra sobre o trabalho missionário desenvolvido pela entidade.

Segundo informação do site do GMUH, o funeral acontecerá no pavilhão dos Gideões Missionários, e o sepultamento será na segunda-feira, dia 1.° de agosto.

Morre o cantor Adilson Lopes

Adilson LopesMorreu ontem em Portugal, onde vivia há mais de dez anos, o cantor Adilson Lopes. Ele sofria de uma doença degenerativa não identificada e estava internado no Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, cidade do distrito de Lisboa. Era casado com a cantora Leninha e tinha um filho, Raphael, que também é do ramo musical.

Adilson Lopes era dono de uma bela voz de tenor, mas às vezes mudava de timbre na música e tinha incrível extensão nos falsetes. Na década de 1980, quando alguns cantores evangélicos começaram a chamar a atenção do mercado secular, ele gravou um álbum (Herança, 1983) pela Polygram. Lembro-me de que ganhei esse disco de presente de aniversário, porque desde que conheci o seu primeiro trabalho de sucesso, Paz no vale, lançado pela gravadora Bandeira Branca, ele se tornou um dos meus cantores preferidos.

Pude ouvi-lo pessoalmente no templo da Igreja O Brasil para Cristo, em Joinville, no início da década de 1980. Quando o pastor foi apresentá-lo, ele estava trepado numa escada instalando uma caixa de som. Não só por isso, passou-me a impressão de uma pessoa muito simples e humilde. E cantava muito.

Leia o anúncio da morte dele no perfil do Facebook da cantora Leninha e de Raphael Lopes.

Coisas que só eu vejo nos seriados (32)

Olha a faca!

No sexto episódio da segunda temporada de The Odd Couple, Oscar e Felix conversam na cozinha. Note que a faca descansa sobre a tábua de cortar ao lado de uma porção de cenouras picadas.The.Odd.Couple.S02E06a

Ou melhor, não descansa, porque depois aparece no meio das cenouras e em seguida volta a ficar ao lado:The.Odd.Couple.S02E06bThe.Odd.Couple.S02E06c