Crendo no Diabo para ser salvo

Assisti ontem ao filme O ritual, com Anthony Hopkins no papel do padre Lucas Trevant, um especialista em exorcismos. A despeito das liberdades dramáticas, a história é real, e numa das cenas o padre Lucas adverte o seu cético aprendiz, o seminarista Michael Kovak, que não acredita em possessão demoníaca: “Não acreditar no Diabo não o protegerá dele”.

Cena do filme O ritual

De fato, a grande sacada do Diabo é convencer a humanidade de que ele não existe, pois ele e o descrente irão compartilhar o mesmo destino: a perdição eterna. Ser cético com relação ao mundo espiritual não isentará ninguém daquela terrível realidade, porque a descrença é justamente o caminho da perdição. O ceticismo, portanto, não é mureta de proteção: é o próprio salto no precipício.

Deus, no entanto, por ser absolutamente verdadeiro, não pode negar a si mesmo e, embora não deseje que ninguém se perca, não concederá o dom da salvação a quem ignora a realidade espiritual. É preciso crer em Deus para ser salvo.

E aqui reside a dinâmica da fé. A fé não muda a realidade de que Deus e o Diabo existem. A ausência de fé também não altera nada. As coisas são como são. O que faz a fé, então? Ela opera para mudar a nossa percepção dessa realidade.

O ceticismo, nesse caso, é como alguém que fecha os olhos para não ver o desastre, acreditando que assim irá evitá-lo. Mas o desastre acontece, estejam os olhos abertos ou fechados. Em O ritual, como o padre Lucas percebeu, tudo aponta para a ideia de que Michael precisa crer no Diabo para ter fé em Deus e assim ter condições de expulsar o demônio. Ou seja, a crença no Diabo pode conduzir à fé necessária para derrotá-lo. Penso que esse é outro motivo para que o príncipe das trevas tenha tanto interesse em negar a própria existência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s