AD de Curitiba tem novo presidente

Pastor Wagner Gaby: eleito com 46% dos votos

O pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby é o novo presidente da AD em Curitiba, ocupando a vaga do pastor José Pimentel de Carvalho, que morreu no dia 24 de fevereiro.

Ele obteve 3.814 votos.

O segundo colocado foi o pastor Mirislan Douglas Scheffel, com 3.026 votos.

O pastor Hidekazu Takayama ficou em terceiro lugar, com 933 votos.

O quarto lugar ficou com o pastor Gessé Luiz Rosa, que obteve 411 votos.

Os votos em branco somaram 53, e os votos nulos, 20.

No total, 8.257 membros compareceram às urnas.

(Agradecimentos: Adoniran Bail; Moisés Vieira; Ivan Tadeu Panício)

Anúncios

15 comentários em “AD de Curitiba tem novo presidente

  1. Caríssimos!
    Gostaria muito que alguém da AD – Maringá nos contasse como foi a eleição do Pr. Robson Brito, até para nos dar dados suficientes para fazer uma análise mais próxima da realidade, porque assim como o meu amigo pastor Geremias do Couto a quem inúmeras vezes pude recepcionar em Curitiba e em outras igrejas do Sul do Brasil, quando fui reporter da CPAD, gosto de registrar e conhecer dados históricos.
    Tenho uma boa amizade com o pastor Robson Brito a quem já tive a feliz oportunidade de receber em minha casa e pelo que me foi contado não apenas por ele mas também por outros irmãos de Maringá é que o presbitério escolheu o Pr. Robson e levou ao conhecimento dos membros através de uma cédula com duas alternativas: Candidato do presbitério e candidato da convenção. De fato havia urnas em todas as congregações, segundo relatos que me foram passados.
    Com estes dados posso fazer algumas análises:
    No caso de Curitiba foram quatro candidatos da mesma igreja, com uma polarização clara entre os pastores Wagner Gaby e Douglas Scheffel. O número de eleitores pelo menos dez vezes maior que o colégio eleitoral de Maringá, o que duplicaria o trabalho e o risco de reclames por fraude. Guardadas as proporções ainda fico com a opinião de que a eleição de Curitiba foi a primeira e dá exemplo de democracia. Todos os pastores de Curitiba tiveram a oportunidade de registrar candidatura, exigido apenas que fosse membro do ministério há três anos e da CGADEB há cinco anos. Quatro homens de Deus colocaram seus nomes a disposição e Deus permitiu, que o pastor Wagner fosse o escolhido. No último domingo dia 03 de abril a igreja curitibana, no templo sede, agradeceu a Deus pela eleição do pastor Wagner. Presentes estiveram autoridades como os deputados federais Andre Zacharow, Fernando Francischini, deputada estadual Mara Lima, prefeito de Curitiba Luciano Ducci e secretários municipais. Inúmeros líderes da AD estiveram presentes como o pastor Antonio Gilberto e o pastor José W. Bezerra da Costa, presidente da CGADB, que revelou aos presente no culto transmitido por várias emissoras de rádio e pela internet, que em visita junto com o pastor Anselmo Silvestre (MG), ao pastor José Pimentel de Carvalho, por volta de 2007, 2008, perguntou-lhe se Deus lhe havia mostrado quem seria seu sucessor e o pastor Pimentel respondeu: “Sim, Deus já me mostrou! Será o Gaby!” O presidente da CGADB disse que não revelou antes, para não interferir no processo de escolha e glorificou a Deus pelo resultado confirmado. Parabéns Judson Canto pelo espaço.

    Curtir

  2. Fiquei muito contente com a vitória do Pastor Wagner Tadeu dos Santos Gaby. Tive a honra de trabalhar com esse “HOMEM DE DEUS” por quase dois anos. Foi EXCELENTE. Pastor Wagner, o senhor é uma bênção!

    Forte abraço.

    Curtir

  3. Prezado Carlos Borges:

    Tentei conectar-me várias vezes ao seu link, através do seu nome, para conhecê-lo melhor, mas sempre cai na página do Terra. Lamento, pois queria ter o prazer de saber com quem estou falando.

    Todavia, a questão não é tanto de se informar ou não. É que o procedimento é tão raro, raríssimo mesmo, no meio das Assembleias de Deus, que, por mais informação que se busque nesse ponto, é difícil encontrá-la. Há pouquíssimo material pela raridade do comportamento.

    Assim, você prestou grande contribuição ao trazer esse novo dado. Pena não poder conhecê-lo melhor pelas razões acima expostas.

    Abraços!

    Curtir

  4. Caro Geremias Couto,é um prazer ter sua menção ao meu comentario,por ser seu admirador. Tenho tido a oportunidade de sempre está em Curitiba ministrando a palavra de Deus amais de cinco anos e fiz muitas amizades naquele campo de trabalho especialmente com os membros do ministerio,e posso dizer com certeza que até mesmo os pastores que apoiaram os outros candidatos sabiam que o pr Wagner era o escolhido pelo pr Pimentel.

    Curtir

  5. Ao nobre Roboão é melhor se informar, e também o Pastor Geremias do Couto, pois, a igreja AD em Maringá elegeu pastor Robson no voto – detalhe: lá houve urnas em todas as congregações – DEMOCRÁTICO, NÃO…

    Curtir

  6. Paz a todos…
    Sou membro da IEADBON, cujo presidente é o Pr. Jonas Batinga, e deixo aqui meus cumprimentos aos membros da AD Curitiba pela eleição do Pr. Gaby, homem preparado para conduzir este ministério, nos mesmos moldes e doutrinas aplicadas pelo anjo de Deus, Pr. José Pimentel de Carvalho… parabéns!!!

    Curtir

  7. Obrigado, meu caro Roboão, pelos esclarecimentos. De fato nos termos como foi feito em Curitiba, não há comparações. Em qualquer lugar. Ao contrário, os procedimentos aí adotados geram modelo para outras igrejas. É um grande e positivo passo. Mas temos aí um dado interessante: voto facultativo. É de leve uma mostra do que seriam as eleições brasileiras se esse sistema fosse adotado.

    Por fim, creio que o Marcelo Muniz Cintra se expressou muito bem: “os membros…[que apoiaram o pastor Wagner] votaram com o coração do pastor Pimentel”.

    Abraços!

    Curtir

  8. Deu-me Deus a oportunidade de como assessor para a emissão da ATA da AGE, de eleição de presidente estar muito próximo de todos os fatos. O pleito seguiu traquilo durante todo o dia houve um período das 13h00 -14h00, que não havia absolutamente movimento de eleitores e nas horas que se seguiram até o fechamento o movimento foi reduzido. O serviço foi exemplar e mostrou a eficiência dos obreiros de Curitiba. Parabéns pastor Wagner Gaby, como assessor do prsidente por seis anos ao lado do pastor Pimentel e depois com seu vice presidente demonstrou competência e lealdade. Deus lhe honrou agora com a leição para presidir uma das principais igrejas do Brasil. Respondendo a dúvida do meu amigo pastor Geremias do Couto devo dizer que o voto era facultativo eque não há registros na história da Assembléia de Deus do estado do Paraná de um só pastor que tenha sido eleito por membros, portanto uma experiência única e sem referências para comparações. Um abraço e parabéns ao pastor Wagner.

    Curtir

  9. Pastor Gaby quem sou eu pra aconselhar o senhor, sei que o pr é um homem de Deus;
    Não permita que o mundanismo entra dentro das nossas igrejas,porque o pr Pimentel sempre lutou contra isso e era a palavra de DEus que prevalecia.
    Hoje as pessoas dizem que nada é pecado são apenas usos e costumes ,mas como vamos fazer a diferença? se estamos igual o mundo?
    Pedimos que a benção do senhor esteja sobre o senhor e vossas familia

    Curtir

  10. O Fato é que muitos foram até la votar como eu tambem fui mais o que ocoreu pela grande demora para inicio a votação muitas pessoas foram, embora ,teve irmaos que chegaram as 7:30 horas e so votaram as 10:30 pois as urnas não estavam prontas

    Curtir

  11. Judson,

    Me atrevi a publicar em meu Blog, que o pastor Wagner Gaby seria uma boa opção para presidir a AD de Curitiba. Fico feliz pelo resultado das eleições.

    Parabéns pela matéria.

    Curtir

  12. Caro Judson:

    Recebi há 15 minutos a notícia pelo twitter e ouvi também pela Rádio Marumby, que acabei de conectar.

    Inicialmente, deixo aqui os meus parabéns ao pastor Wagner Gaby, um amigo pessoal, por ter sido eleito presidente da AD de Curitiba, PR. Estarei orando em seu favor.

    Mas uma coisa me intriga e não tenho como considerá-la por estar distante do processo: o elevado nível de abstenção, segundo informações há pouco recebidas, que teria chegado a cerca de 75% dos membros, incluindo aí, é óbvio, as congregações.

    Como se explica isso?

    Abracos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s