O carpinteiro na porta do céu

Piadinha que li num boletim da Igreja Católica lá pelos meados da década de 1970 e que agora conto nas minhas palavras.

Jesus, achando que são Pedro merecia uma folga do trabalho na porta do céu, resolveu substituí-lo por um tempo. A rotina era sempre a mesma: cada pessoa que chegava tinha de se identificar, e então lhe era dito se podia ou não entrar.

Depois de algum tempo, entre as admissões e recusas, Jesus vê aproximar-se um velhinho num passo muito vagaroso. Quando finalmente o ancião chega à porta do céu, Jesus pergunta gentilmente:

— Quem é você?

O velhinho, com a voz trêmula e arrastada, responde:

— Olha, faz tanto tempo que eu saí da terra que nem lembro mais quem eu sou.

— Mas eu preciso que você me dê pelo menos uma pista, para eu saber se posso deixá-lo entrar ou não — insiste Jesus.

Depois de puxar pela memória, o velhinho declara:

— A única coisa de que me lembro é que eu era um carpinteiro lá na terra e tive um filho que foi famoso no mundo inteiro…

Jesus então abraça o velhinho e diz:

— Papai!

Com o rosto iluminado pela alegria, o velhinho exclama:

— Pinóquio, meu filho!

Anúncios

3 comentários em “O carpinteiro na porta do céu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s