Lições Bíblicas: “Éfeso, a igreja do amor esquecido”

Lição 3 — 2.° trimestre de 2012

Antes de iniciar o estudo da lição, confira o artigo “Algumas curiosidades sobre as sete igrejas da Ásia” (clique aqui). São informações concisas, mas  você pode pesquisar mais a fundo cada uma delas e assim ter uma boa visão do contexto em que as cartas foram escritas. Você pode iniciar a aula com o que sugere a “Orientação pedagógica”, mas evite os termos técnicos “ortodoxia” e “ortopraxia”. Pode soar como pedantismo, e além disso os alunos não vão lembrar deles, mesmo. O importante é que entendam a relação entre ensino e prática.

Éfeso, uma igreja singular

Éfeso foi fundada pelos gregos, por volta de 1000 a.C., esteve sob o domínio dos persas e passou a ser controlada por Roma a partir de 133 a.C., situação que se estendeu por todo o período do Novo Testamento. Pesquise a história da cidade a fim de passar aos alunos informações seguras e interessantes.

Aproveite o tema da solidez doutrinária de Éfeso para ressaltar que toda igreja precisa de uma sólida base teológica, com ministros capazes e dedicados à Palavra. O motivo da proliferação de denominações e igrejolas responsáveis pelas crescente aberrações evangélicas em vez de doutrina saudável e espetáculos deprimentes em vez de culto verdadeiro (leia aqui), que escandalizam o nome de Cristo, é justamente a ausência de embasamento bíblico, porque os seus líderes em geral nada sabem de Bíblia. Arrebanham adeptos com misticismo (Cl 2.18), com apelo às emoções ou com meras táticas comerciais que em nada diferem do estelionato (2Pe 2.3). Observe que Éfeso perdeu o primeiro amor, mas ainda mantinha o zelo pelo ministério segundo a Bíblia e combatia as falsas doutrinas (Ap 2.2,11). Isso porque as suas bases doutrinárias foram lançadas por grandes homens de Deus.

O problema de Éfeso/ Voltando ao primeiro amor

A perda do primeiro amor pode ser comparada ao casamento em que ambos os cônjuges até se mantêm fiéis um ao outro e não vivem em guerra, mas se acomodaram e se acostumaram um ao outro a ponto de extinguirem a paixão. Explique aos alunos que o primeiro amor não deve ser confundido com aquele entusiasmo expresso em pulos e gritos que se vê em muitos novos crentes nas igrejas pentecostais. O amadurecimento o levará a um comportamento mais comedido (exceto no que for próprio do temperamento), mas fará com que o crente ame a Deus cada vez mais, em vez de negligenciar esse amor.

As boas obras devem ser praticadas, mas para Deus só valem as que são feitas por amor. A igreja de Éfeso era muito ativa (Ap 2.2), mas a falta de amor as estava tornando inúteis. Algumas igrejas empenham-se em trabalhos sociais apenas por um senso de obrigação ou por “estratégia evangelística”: é como se fingissem gostar das pessoas a fim de atraí-las para Cristo. Não! O amor que demonstramos pelo próximo é a melhor forma de evangelizar. O ensino de Paulo é muito claro: “Ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará” (1Co 13.3). Sobre essa questão, leia também a seção “As obrigações sociais” do meu artigo “O manifesto de Tiago” (clique aqui).

Lembrando-se do primeiro amor

O esfriamento do amor é sempre um processo, não uma mudança repentina. Assim, “lembrar de onde caímos” pode não significar a identificação de um erro específico no passado, mas a reavaliação um conjunto de ações que resultaram no desvio. A solução geralmente, para o cristão individual ou para a igreja (leia um exemplo aqui) é voltar às coisas simples, às práticas sinceras e espontâneas, feitas com o coração e não maculadas com esquemas, estratégias e orgulho religioso. A boa notícia, pelo menos na minha convicção, é que o processo de volta é bem mais curto, embora não dispense algum sacrifício. Sobre isso, aconselho a leitura do meu artigo “Humilhação voluntária ou exílio?” (clique aqui).

Lição 4 (leia aqui).

Anúncios

6 comentários em “Lições Bíblicas: “Éfeso, a igreja do amor esquecido”

  1. NAO SE ESQUECA DA SINDROME DE LUCUFER EZEQUIEL 28;17″CORROMPESTE A TUA(SABEDORIA)PORCAUSA DO TEU RESPLENDOR SUJIRO AO AMADO IRMAO TEOLOGO QUE QUANDO MENCIONAR NOVOS CONVERTIDOS FACA-O COM MAIS RESPEITO E SABEDORIA POIS EM DETRIMENTO DE NAO POSSUIREM A TAL MATURIDADE SE NASCERAO DE NOVO MESMO E PORQUE AMAO VERDADEIRAMENTE A CRISTO E QUANDO EXTRAVAZAO SEUS SENTIMENTOS O FAZEM DE CORACAO SINCERO CABE SIM A LIDERANCA DA IGREJA COMO PAIS ESPIRITUAIS OS GUIAR E ENSINALOS A NAO SOMENTE SE ALEGRAREM COMO CRIANCAS RECEM NASCIDAS MAIS ENSINALAS A MEDIDA QUE VAO CRESCENDO AS RESPONSABILIDADES DO REINO DE DEUS SEM JAMAIS PERDER A ESCENCIA E A PUREZA DE CRIANCA “CRESCER SEMPRE ENVELHECER JAMAIS” SOU APENAS UM SERVO DE CRISTO CRESCA COMO NOSSO VERDADEIRO MESTRE NA GRACA E NO CONHECIMENTO SAIBA COMO ELE REMIR O TEMPO COM RESPONSABILIDADE MAIS ASSIM COMO ELE SAIBA APRECIAR O CANTICO PURO DE CRIANCINHAS A DESPEITO DOS TAIS DOUTORES DA LEI DEIXO AQUI ISAIAS 40;11”COMO PASTOR ELE APASCENTARA SEU REBANHO ENTRE OS BRACOS RECOLHERA OS CORDEIRINHOS E OS LEVARA EM SEU SEIO E AS QUE AMAMENTAO ELE AS GUIARA MANSAMENTE.”

    Curtir

  2. Deus continue a lhe usar com palavras de alerta para as nossas vidas. bençãos….

    Curtir

  3. É sempre bom poder contar com pessoas usadas por Deus…Este foi e está sendo de fundamental importância para mim que faço parte de um povo e ainda sou uma jovem professora da EBD e que acredia muito nos frutos desta, por ser exemplo vivo.Obrigada e que o Pai Celeste o abençoe grandimente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s