Lições Bíblicas: “Laodiceia, uma igreja morna”

Lição 9 — 2.° trimestre de 2012

Laodiceia era a cidade mais rica da Frígia na época do Império Romano. Estava situada numa das mais importantes rotas comerciais da Antiguidade, o que assegurava sua prosperidade material. Era também um importante centro bancário. A igreja de Laodiceia é a única das sete igrejas da Ásia a não receber nenhum elogio em decorrência de sua mornidão espiritual. Até mesmo em Sardes, a igreja “morta”, Cristo encontrou aspectos positivos, o que demonstra a gravidade da situação da igreja que se enquadra nessa característica.

A identificação de Jesus

A expressão “princípio da criação de Deus” merece atenção especial do professor. Explique aos alunos que isso não significa que Jesus foi o primeiro ser criado por Deus, porque Jesus é Deus (leia Hb 1.8-10) e portanto é eterno, ou seja, não teve princípio nem fim. Não significa que ele teve um princípio, mas que ele é o princípio (leia Ap 1.8; 21.6), aquele que deu origem à criação de Deus.

A situação espiritual da igreja de Laodiceia

A igreja de Laodiceia caracterizava-se pela mornidão espiritual, figura de linguagem que pode ter sido emprestada das águas termais que chegavam mornas de Hierápolis por meio de aquedutos. Enquanto a água fria é ótima para beber beber e a água quente tem aplicações medicinais, a água morna não serve para uma coisa nem para outra.

Interessante que a mornidão não está ligada ao fervor, mas à arrogância. Laodiceia era uma comunidade autossuficiente, tanto que, após um grande terremoto, recusou a ajuda do Senado romano para reconstruir a cidade. Essa autossuficiência parece ter contaminado a igreja também. Nós, pentecostais, tendemos a confundir mornidão com ausência de manifestações espirituais, mas a verdade é muitas igrejas de hoje, especialmente entre as neo e pseudopentecostais, a despeito do rebuliço que caracteriza as suas reuniões, não produzem nenhum fruto que seja realmente espiritual (leia aqui o artigo “O reteté e a regra paulina de culto”). Esses grupos, iludidos com essas exterioridades, costumam presumir que são mais espirituais que os outros, e isso não é outra coisa senão arrogância. São igrejas espiritualmente inócuas, ou seja, as suas obras também são “mornas” (v. 15).

A cegueira leva essas igrejas a terem uma visão distorcida de si mesmas, seja por causa da satisfação com a sua falsa espiritualidade, seja por causa das riquezas e do poder temporal que possuem (penso que a Igreja Romana se enquadra nesse segundo tipo).

Como reavivar uma igreja morna

Jesus recomenda três coisas para resolver a situação de Laodicéia:

Colírio. A igreja morna é especialmente nociva porque mantém o povo preso a uma falsa esperança e assim fecha aos seus membros o Reino dos céus. Eram cegos guiados por cegos, que nada produziam de útil para o Reino de Deus e estavam prestes a cair na cova (Mt 15.14; 23.16). Laodiceia precisava “enxergar”. Havia na cidade uma escola de medicina que produzia alguns tipos de medicamentos, entre eles um colírio, que era famoso. Daí a menção a esse remédio no versículo 18.

Ouro refinado. O ouro oferecido por Cristo representa a verdadeira riqueza espiritual, em contraste com a riqueza material da igreja, que a tornava espiritualmente “miserável”.

Vestes brancas. A cidade de Laodiceia orgulhava-se da lã negra e brilhante que produzia, da qual se confeccionavam belos mantos e tapetes. A roupa branca simboliza a justiça dos santos, isto é, a vida correta e boa que Deus espera de todos nós.

SUGESTÃO DE EXERCÍCIO

O professor Mário Gonçalves, da AD de Joinville (congregação de João Costa), propôs aos seus alunos: “Qual seria o teor de uma carta similar às cartas do Apocalipse, enviada para à igreja em Joinville?”. Depois de analisarem as características da cidade e da igreja, elaboraram a seguinte carta:

Carta à igreja em Joinville

Eu sou Aquele que sondo todas as coisas, conheço as tuas obras [pontos positivos].

Tenho porém observado o ritmo frenético das indústrias e do teu comércio e não tenho encontrado a mesma disposição para o meu serviço, a minha seara carece de obreiros.

Vejo com pesar tuas alianças políticas, porque esquecestes que a garantia de portas abertas para a pregação do evangelho é a minha presença, não favorecimentos eleitorais.

Ouço o som das tuas belas canções e apresentações, mas nem sempre o que sai dos lábios é o mesmo que sai do coração.

Tenho visto teus belos templos, mas onde realmente desejo habitar é no templo do teu coração.

Existem no meio de ti excelentes profissionais da saúde, mas a ferida que precisa ser curada é espiritual e não física.

Deixe que eu derrame sobre vocês a chuva do meu Espírito e lave os corações com o conhecimento da minha Palavra. (Dica do Mario Sérgio Santana.)

Passo a ideia a você, professor. Mesmo que não haja possibilidade de elaborar uma carta como essa, pelo menos tente saber dos alunos os pontos positivos e negativos que eles percebem em sua igreja e faça uma lista dessas observações.

Lição 10 (leia aqui).

Anúncios

5 comentários em “Lições Bíblicas: “Laodiceia, uma igreja morna”

  1. A paz do Senhor Jesus. Gostei da explicação e é de grande ajuda para obra de Deus. Venho porem, ressaltar acerca do assunto que diz respeito aos crentes do retété. Não generalize quando tirar conclusões do que uma ou algumas pessoas fazem , pois, quem move ou usa aqueles que são verdadeiros crentes é Deus, e não significa que uma pessoa que é batizada com o Espírito Santo, não conheça a Palavra e a viva dignamente. Sou feliz em dar total liberdade para que o Senhor Jesus faça da minha vida a sua vontade. O que acontece é que tem muitas pessoas que são usadas para dar mal testemunho do crente que é conhecido como do retété, mas a verdade é que só se taca pedra em árvore que dá fruto, e sátanas detesta crente que faz a vontade de Deus por completo. Esses mistérios são de extrema importância, pois, Deus revela logo a maçã podre dentro do cesto, e é isso que muitos tem medo, de que a podridão de seus ossos sejam reveladas por Deus, então, fica mais fácil se esconder em uma igreja onde Deus não fala cara a cara e ficar com seus pecados de estimação escondidos. Um abraço e a paz do Senhor.

    Curtir

  2. Muito obrigada, me ajudou muito na minha aula, Deus abençõe e que em todo tempo sejam alvas as suas vestes e que nunca falte óleo sobre a tua cabeça.

    Curtir

  3. foi um estudo muito interresante me ajudou muito,que Deus abençoe a paz do senhor

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s