Quem precisa melhorar a imagem?

Sérgio Cabral (muito) à vontade numa manifestação gay qualquer. Será que vamos vê-lo no púlpito com Malafaia?

Sérgio Cabral (muito) à vontade numa celebração gay qualquer. Será que vamos vê-lo no púlpito com Malafaia?

Notícias recentes dão conta de que o governador do Rio, Sérgio Cabral, está tentando se aproximar do pastor Silas Malafaia em busca de apoio político. Cabral, que encerra em 2014 o seu segundo mandato e não pode se reeleger, quer a bênção dos evangélicos para eleger o seu vice seu vice, Luiz Fernando Pezão (PMDB). Na verdade, trata-se de uma reaproximação, porque em 2006 Cabral teve o apoio de Malafaia em sua campanha, mas depois eles se afastaram. O motivo do distanciamento é público e notório: o governador, desde que se instalou no Palácio Guanabara, nunca disfarçou a sua ojeriza pelos evangélicos, na mesma proporção em que apoia causas anticristãs e antidemocráticas, notadamente a agenda gayzista. Agora tenta repetir o golpe.

Outro interessado na bênção dos evangélicos (e que parece já ter furado a fila) é o senador Lindberg Farias, do PT. Ele até defendeu Malafaia num dos muitos episódios em que o pastor causou alvoroço entre os frufruzentos da “homofobia”, mas na mesma ocasião Lindberg deixou claro o seu apoio à causa gay e à “cidadania LGBT” (leia aqui). Além disso, o rapaz ama Lula acima de todas as coisas (leia aqui o seu pronunciamento no Senado).

O que me chamou a atenção no caso de Cabral é que ele está preocupado em recuperar a sua imagem diante do eleitorado fluminense, principalmente por causa das recentes acusações de favorecimento ao empresário Eike Batista no Rio, do uso de helicópteros com recursos públicos para fins particulares e de má vontade em resolver o caso do sumiço do pedreiro Amarildo de Souza, supostamente morto numa UPP (Unidade de Polícia Pacificadora). Cabral pertence a uma estirpe política em que casos desse tipo não causam estranheza a ninguém, mas a proximidade das eleições exige que se tomem medidas para distrair a grande massa não pensante com alguma pantomima eleitoreira.

Após esse longo nariz de cera, venho expressar em poucas palavras o que eu queria dizer desde o começo: é vergonhoso ver como essa gente hoje se aproxima da igreja não por arrependimento de seus erros ou mesmo com fingida piedade. Sem nenhum disfarce, buscam apoio da igreja (digo “igreja” porque ninguém pode negar que Malafaia influencia uma boa parcela do rebanho cristão brasileiro) apenas para melhorar a imagem, buscam tão somente a unção com óleo de peroba. Os canalhas querem que a igreja os ajude a mascarar a canalhice. E o pior é que estão confiantes de irão conseguir, porque parece que a igreja perdeu o respeito por si mesma e, consequentemente, de criaturas como Cabral e  Farias e de tantas outras que correm para os templos de todo o país em épocas de eleição.

Concluindo, nessa história toda quem mais precisa melhorar a imagem é a igreja. E não falo de maquiagem política, mas de mudanças estruturais e radicais. Se tais acontecerem, nem por isso os políticos mal-intencionados deixarão de tentar enganar o rebanho, mas pelo menos não nos tratarão como iguais.

Anúncios

Um comentário em “Quem precisa melhorar a imagem?

  1. Meu Caro Judson,

    O Cabral e o Alves são políticos, sendo assim, se necessário for, dançam até com o encardido, como diz o Pr. Firmino Gouveia. Por outro lado, o que mais me espanta são os líderes que dão entrada para esse tipo de político nas igrejas, “influenciando” na escolha das ovelhas.

    Por falar nisso, vou começar o quanto antes a preparação para o ano que vem, pois vem muita gente visitar as igrejas…

    Esses são os líderes, que de servos não têm nada…

    Fica na Paz!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s