Lições Bíblicas: “Confrontando os inimigos da cruz de Cristo”

Lição 9  — 3.° trimestre de 2013

Os cinco versículos da leitura em classe contemplam três temas importantes a respeito da vida cristã: a imitação de Cristo, ou seja, o estilo de vida espelhado nele; a identificação dos inimigos de Cristo; a vida eterna com Cristo. Tenha o cuidado de fazer uma boa transição de um tema para outro.

Exortação à firmeza em Cristo (3.17)

Relembre o que foi dito sobre o tema da imitação na lição anterior (clique aqui). Como a lição fala dos inimigos da cruz de Cristo, vejamos também o tema da imitação sob esse aspecto: “A cruz é ‘escândalo para os judeus, loucura para os gentios’ [1Co 1.23]. Parece que até para os que procuravam viver fielmente diante do Deus de Jesus Cristo a vida da cruz era fonte de grande perplexidade e controvérsia. Paulo parece ter entendido que era só pela imitação de alguém que já tivesse procurado incorporar — com certo grau de sucesso — a vida cruciforme de discípulo que os novos discípulos podiam ter esperança de incorporar [à] cruz nos vários contextos nos quais eles se encontravam” (S. E. Fowl, Dicionário de Paulo e suas cartas).

Os inimigos da cruz de Cristo (3.18,19)

“Paulo às vezes era obrigado a travar guerra em pelo menos duas frentes — em Corinto, por exemplo, lutou contra os ascetas, de um lado, que gostariam de proibir o casamento [1Co 7.1], e contra os libertinos, por outro lado, cujo grito de guerra era: ‘tudo é permissível’ [1Co  6.12]. De modo idêntico, a graça de Deus é recebida em vão por aqueles que continuam a viver sob a lei, e por aqueles que pensam que devem permanecer ‘no pecado, para que a graça aumente’ [Rm 6.1]. Nos vv. 18 e 19 Paulo está preocupado com as pessoas que aderiram a este último preceito, tanto no ensino quanto na prática. Cristo suportou a cruz a fim de libertar os crentes dos pecados, e reconciliá-los com Deus [Rm 6.7; 2Co 5.18-21]; os que de modo deliberado permanecem no pecado e repudiam a vontade de Deus, renegam tudo quanto a cruz de Cristo representa” (F. F. Bruce) .

O futuro glorioso dos que amam a cruz de Cristo (3.20,21)

“Paulo afirma que era cidadão romano por nascimento. Isso significa que seu pai ou algum ancestral adquiriu esse direito e o transmitiu ao filho. Paulo era orgulhoso de sua cidadania romana e, quando a situação exigia, valia-se desse direito. Ao escrever aos filipenses, que eram membros de uma colônia romana e, portanto, também cidadãos romanos, Paulo enfatiza que os cristãos são cidadãos de uma comunidade celestial e devem viver de acordo com essa condição” (Bíblia de estudo arqueológica).

“Na época de Paulo, […] a cidadania romana era de importância vital. Mesmo assim, a noção da cidadania celestial de Paulo não provinha de analogias romanas. O salmo 87 celebra o fato de que, por decreto divino, os povos do Egito, Babilônia e demais nações são considerados ‘nascidos’ em Sião (Sl 87.4). Embora o termo ‘cidadão’ não seja utilizado ali, não passou despercebido para Paulo o fato de que esse antigo salmo já tratava os gentios como membros natos do reino celestial” (idem).

Obs.: Disponibilizei para download dois comentários antigos (em inglês) da Carta aos Filipenses (clique aqui para baixar).

Lição 10 (leia aqui).

BIBLIOGRAFIA. Bíblia. Português. Bíblia de estudo arqueológica. Nova versão 
internacional. Tradução de Claiton André Kunz, Eliseu Manoel dos Santos e Marcelo 
Smargiasse (notas e artigos). São Paulo: Vida, 2013. * Bruce, F. F. Filipenses. 
Tradução de Oswaldo Ramos. São Paulo: Vida, 1992 (Novo Comentário Bíblico 
Contemporâneo). * Cabral, Elienai. Filipenses: a humildade de Cristo como exemplo 
para a igreja. Rio de Janeiro: CPAD, 2013. * Hawthorne, Gerald F.; Martin, Ralph 
P.; Reid, Daniel G. (Org.). Dicionário de Paulo e suas cartas. Tradução de Barbara 
Theoto Lambert. 2. ed. São Paulo: Vida Nova; Paulus; Loyola, 2008.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s