Pastor Ivan Bastos é desligado da CGADB

A polêmica reunião da VI AGE SP está sendo realizada hoje com o amparo de instrumentos legais, no hiato de uma guerra de liminares e ações judiciais. O propósito  da reunião era destituir do cargo o primeiro tesoureiro da CGADB, pastor Ivan Pereira Bastos, eleito em abril na última 41.ª AGO pela chapa de oposição, encabeçada pelo pastor Samuel Câmara.

Pastor Ivan Bastos

Pastor Ivan Bastos

Numa manobra política nada sutil, o presidente da CGADB, pastor José Wellington, levou a AGE para São Paulo, seu reduto eleitoral. Não deu outra: 2.638 convencionais foram inscritos, e 2.504 votaram a favor do desligamento do primeiro tesoureiro. Apenas 134 votaram contra. Mais informações no Point Rhema, do pastor Carlos Roberto Silva.

Esta ovelhinha não tem acesso às informações que circulam nas instâncias mais elevadas (sic) do imbróglio, exceto pelo que recolhe de fontes mais abalizadas da Internet. No entanto, salta aos olhos o pavor da situação em ver um oponente com acesso às transações financeiras da instituição, a qual desde há muito não prima pela transparência. Desconfianças antigas vieram à tona já com a renúncia de outro tesoureiro, o pastor Antonio Santana, em 2010 (leia aqui). Agora o impedimento do pastor Ivan Bastos vem tornar a história ainda mais escabrosa.

Para saber mais sobre o caso Ivan Bastos, leia as seguintes matérias:

Pastor Ivan Bastos é eleito 1° Tesoureiro da CGADB (Comunhão)

Mesa Diretora da CGADB suspende pastor Ivan Bastos… (Seara News)

Justiça reintegra Ivan Bastos e suspende AGE (Geremias do Couto)

CGADB não acata decisão de reintegrar pr. Ivan (Geremias do Couto)

E a briga ainda não acabou:

Liminar que ampara AGE da CGADB não é definitiva (Geremias do Couto)

Atualização: Leia no blog do pastor Gesiel Oliveira o manifesto do pastor Ivan (clique aqui).

Anúncios

6 comentários em “Pastor Ivan Bastos é desligado da CGADB

  1. Aliás, estamos no tempo dos pastores televisivos e poderosos que buscam o aumento do números de igrejas e de membros somente para AUMENTO DE ARRECADAÇÃO E NÃO PARA CONVERSÃO DAS ALMAS.

    Será que Deus se Agrada disso?
    Vamos prestar conta com Deus, cada um.

    Curtir

  2. Caro Pr. Geraldo,

    Você estava em Maceió e não viu o convencional SC desrespeitosamente e grosseiramente chamar o presidente da convenção JW de CANGACEIRO, não?

    Sob qualquer motivo ou circunstância confusão e baderna não se justificam. Há outros caminhos não? E o que fez o pr. Ivan? Ficou do ladinho do SC e pareceu mesmo que para o SC não constar no pedido de anulação, entrou com o nome da CONFRATERES e o que é pior: os informes dizem que foi através de um advogado apresentado pelo SC… A liminar foi assinada por um juiz num DOMINGO e depois foi cassada!

    Assim, à todos pareceu que o pr. Ivan cometeu um ato de fidelidade ao homem e não à DEUS e patrocinou, parecendo subserviente, um ato que piorou a briga e o relacionamento dentro das Convenções…

    A meu ver o pr. Ivan não foi sábio, meteu-se e meteu a CONFRATERES no meio de uma guerra e o resultado está aí! …

    Valendo lembrar que diante de Deus não há um só justo sequer… Valendo lembrar também que isto tudo começou por parte do pr. SC que desde o Pará NÃO ACEITA OS RESULTADOS DEMOCRÁTICOS DAS URNAS e com seus discursos, sua eloquência e ajuda da televisão arregimenta seguidores nesse seu acidentado e briguento andar dentro da AD no Brasil.

    Respeitosamente espero que a CONFRATERES não aja como seguidora cega do SC, certamente sua história muito digna será respeitada e ela não mais se envolverá em qualquer tipo de briga entre irmãos… Devemos defender a igreja no Brasil caso contrário ela esfriará cada vez mais até se tornar como é hoje a Igreja americana: Totalmente materialista, desviada e morta.

    Aliás, estamos no tempo dos pastores televisivos e poderosos que buscam o aumento do números de igrejas e de membros somente para AUMENTO DE ARRECADAÇÃO E NÃO PARA CONVERSÃO DAS ALMAS.

    Os pastores, em atos sábios, deveriam aconselhar seus colegas pastores a voltarem à sabedoria… Em em vez disto, fazem justamente o contrário quando lhes emprestam apoio e os defendem em seus erros…

    Curtir

  3. A Assembleia de Deus poderia sair da CGADB. Ainda bem que JW é pastor da AD do Belenzinho e não da igreja da AD Mãe do Belém do Pará. Graças a Deus.

    Curtir

  4. Caro irmão Gerard!
    Lamentavelmente percebo que o irmão vive de informação não verdadeiras. Sou membro da CONFRATERES e estava presente na AGE de Maceió e vi a arbitrariedade com que fizeram com o pastor Ivan Bastos e que o pastor e nossa convenção estava saindo prejudicada e não restou outra alternativa de ir a justiça para anular a AGE de Maceió, porque nem direito de resposta tivemos. Mas o que fizeram com ele em São Paulo foi o seguinte, veja só os erros:

    1º ERRO – O edital de convocação foi para SUSPENSÃO do cargo de primeiro tesoureiro e não de DESLIGAMENTO.

    2º ERRO – Não se DESLIGA em uma a AGE sem prévio edital de convocação constando que esta na pauta. O DESLIGAMENTO não estava na pauta.

    3º ERRO – O Pr. Sebastião disse na mesa diretora, por telefone e na presença do pastor Ivan em Cuiabá que não representou contra ele, nem os pastores Samuel, Jonatas Câmara e o Sóstenes Apolo que já dorme no Senhor (dormiu sem saber a verdade desse fato).

    Mas uma coisa louvamos a Deus que precisou da AGE ser em São Paulo para fazer o que fizeram com o pastor Ivan Bastos que é um homem muito honrado no nosso estado, no Brasil e outros países. Isso significa que pra derrota-lo precisa da AGE ser no Belenzinho. Porque isso? Não é um sinal de FRAQUEZA? precisou levar para São Paulo a convenção, porque em qualquer lugar do Brasil o pastor Ivan ganharia com certeza. Pois o clamor da maioria dos ministros da CGADB, inclusive os que não votaram nele é de indignação. Uma coisa eu digo! O pastor é CHAVE DA CAIXA PRETA DA CGADB. Por isso que não querem ele lá.

    Irmão Gerard! O pastor Ivan um dia nos disse: Que o mais importante nesse momento é que seu nome esta escrito no livro da vida e é membro da AD.
    E que a briga dele não é contra o PR. JW, mas sim contra Satanás o inimigo das nossas almas. E VAMOS MORAR NO CÉU, BREVE O SENHOR VEM BUSCAR SUA IGREJA.

    PR. GERALDO

    Curtir

  5. Parabéns à CGADB pelo desligamento do pr. Ivan Bastos.

    No pedido de anulação da AGE de Maceio-AL o tal pastor materializou a vontade do Samuel Câmara. A informação que corre é que a Confrateres que é presidida pelo pr. Ivan usou um advogado do lado do Samuel Câmara para pedir a anulação da referida AGE…

    A vontade do pr. Samuel foi realizada sem o mesmo constar e nem aparecer no processo.

    Valendo lembrar que passado o período eleitoral os eleitos deverão assumir seus cargos como gestores, sem resquícios de desavenças políticas e não como representantes de candidatos derrotados.

    Curtir

  6. Uma convenção bem articulada maldosamente, realizada em São Paulo no reduto de JW. Isto é uma vergonha. Que ponto chegou nossa denominação. Como que um tesoureiro eleito com mais de 7 mil votos pode ser desligado com 2.504 votos?????? Os mais de trinta mil pastores de todo Brasil que não tiveram lá deveriam se mobilizar em nome de nossa denominação; que agora é a denominação de JW.
    Elson Medeiros

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s