Idiossincrasias assembleianas

Idiossincrasias são caraterísticas comportamentais de um grupo ou de uma pessoa. Toda denominação religiosa, enquadrada na primeira categoria, ao longo de sua existência inevitavelmente terá as suas.

A centenária Assembleia de Deus, que comecei a frequentar ainda no colo da mãe, acumulou uma extensa cultura de procedimentos, clichês, sofismas doutrinários e até mesmo lendas que fariam a alegria de qualquer folclorista.

Portanto, já está mais que na hora de colocar na pauta de discussões esses ranços denominacionais, muitos deles também já centenários.

Apenas esclareço que a ideia não é detratar a denominação, no máximo questioná-la por tais comportamentos (e de vez em quando zoar um pouquinho, vá lá!). Quem sabe até o blog acabe contribuindo para corrigir alguns deles.

A primeira postagem será sobre a apresentação de crianças.

Atualização: A matéria sobre apresentação de crianças será publicada no domingo.

Anúncios

5 comentários em “Idiossincrasias assembleianas

  1. Nossa, meu amigo! Você é demais. Pior, amigo, essa patologia da AD é geral. Aqui no Maranhão os líderes são verdadeiros estúpidos. As reuniões convencionais são verdadeiras shows de mediocridade e estupidez. Parabéns pela matéria.

    Curtir

  2. Cadê a primeira postagem, fica nos deixando na expectativa, né? Desculpe perguntar, sei que é particular, mas você está nos deixando? Vi em um outro post você dizendo que é quase um “desigrejado”(acho que foi isso) e fiquei tão sentida. :'(
    Vai não, acho tão triste ver nossos irmãos nos deixando. Sempre me sinto sozinha quando acontece… Orando por você.

    Não, Adeliny. Não estou saindo da AD. :-) Mas o rumo que a denominação está tomando me desanimam de uma participação mais ativa, por isso estou me organizando para me dedicar mais ao blog. Contudo, acho que está na hora de repensar a nossa eclesiologia, não só a AD, mas as igrejas em geral.
    Quanto à primeira postagem das “Indiossincrasias assembleianas” será publicada no domingo. Não estou fazendo suspense, é que esse tipo de postagem exige um pouco de pesquisa, e a matéria ainda não ficou pronta.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s