O mimimi dos mensaleiros

Inauguro esta nova categoria do blog com as impagáveis declarações que se seguiram à prisão da quadrilha liderada por José Dirceu, da parte dos condenados e de seus cúmplices ideológicos. Vermelhos de indignação, os petistas choram a injustiça cometida contra esses ilibados representantes do socialismo moderno. Vamos às pérolas:

“Fui transformado em principal alvo da inveja da elite brasileira, que não se conforma com o papel do presidente Lula no crescimento do Brasil” (José Dirceu). — Os ladrões pé-de-chinelo que vivem dos assaltos aos aposentados no início do mês também devem morrer de inveja dele.

“Fui condenado previamente numa operação midiática inédita na história do Brasil. E me julgaram num processo marcado por injustiças e desrespeito às regras do estado democrático de direito. Por tudo isso, considero-me um preso político” (José Genoino). — Se ele é preso político, não deveria estar revoltado com o governo petista? (E aquela pose de Supermouse também vai ficar na história.)

Estamos juntos” (Lula).  — Não, Lula não está com eles… mas deveria estar, não é mesmo?

“A prisão de Zé Dirceu, José Genoino e demais lutadores sociais é apenas o início de uma perseguição a toda a esquerda” (carta assinada por um grupo de militantes). — A velha alquimia socialista que tenta transformar crime em virtude. 

“STF prende Dirceu e Genoíno e joga no lixo o estado democrático de direito” (manchete do Blog Palavra livre, via Blog da Dilma).  Dizer o quê!

Coroamos as manifestações pró-crime com esta postagem de um fundamentalista banânico:

Servolo Aimoré

Anúncios

2 comentários em “O mimimi dos mensaleiros

  1. A principal acusação na Ação Penal 470 é o desvio de dinheiro do Banco do Brasil, não é?

    Pois bem, o Banco do Brasil, depois de uma auditoria interna protocolou ofício assinado por procuradores lotados em sua Diretoria Jurídica situado no Ed. Sede III, 22º andar, em Brasília(DF), junto ao Supremo Tribunal Federal, Coordenadoria de Processamento Inicial, em 29.06.2009, às 12h13, sob o número 81522, que foi repassado diretamente ao Ministro Joaquim Barbosa, conforme recibo aposto pelo próprio, em 01.07.2009, que determinou seu “Junte-se” ao autos do processo, fl. inicial nº 30769, INFORMANDO ao STF e ao Min. Joaquim Barbosa QUE NÃO HAVIA NENHUM RECURSO PÚBLICO DESVIADO DO BANCO DO BRASIL E QUE OS RECURSOS CITADOS NÃO ERAM DE PROPRIEDADE DO BANCO DO BRASIL E SIM DA VISANET….

    Mesmo assim, o min. Joaquim Barbosa e outros foram até o fim DIZENDO, AFIRMANDO E CONSIDERANDO QUE OS RECURSOS ERAM PÚBLICOS.

    Quem quiser comprovar, esteja a vontade, vou repetir, está nos autos: Ofício do Banco do Brasil SA, assinado por procuradores judiciais lotados na Diretoria Jurídica do Banco, protocolado no Supremo Tribunal Federal, em 29.06.2009, às 12h13, sob nº 81522 e repassados ao ministro Joaquim Barbosa, com recibo de vivo punho, em 01.07.2009, que despachou “junte-se”.

    Não sendo a verba pública e nem do Banco do Brasil, NÃO HÁ PECULATO!
    Formação de quadrilha também receberia abalos e as outras acusações também… Restaria o crime é de CAIXA DOIS… E aí, o STF teria que condenar toda a política brasileira! Valendo ressaltar que caixa dois é dinheiro não declarado e aí é crime eleitoral NÃO PENAL! Valendo ressaltar que o TSE APROVOU TODAS AS CONTAS DO PT À ÉPOCA!

    Assim, podemos afirmar que o julgamento FOI TODO POLÍTICO e que diversos ministros condenadores do STF julgaram como OPOSITORES POLÍTICOS e não como magistrados…

    Assim, sem ideologia partidária e nem religiosa podemos afirmar que Genoino e José Dirceu foram condenados sem QUALQUER PROVA exigida em lei.

    Aliás, só para rebater e desmentir o que diz a grande mídia, Veja e outros seguidores cegos da mídia que pautou o STF: Grande e renomados juristas deste país, como Dalmo de Abreu Dallari, Ives Gandra, Celso Bandeira de Mello, Callandra (Presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Damous (Diretor da OAB), Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho, Presidente da Associação dos Juízes Federais, etc.., etc…etc… se manifestaram contra inúmeras e diversas irregularidade da condução e julgamento da AP 470.

    Ademais, uma das piores aberrações aplicada à AP-470 foi a tese do Domínio de Fato, que num arranjo de JB excluiu a obrigatoriedade das provas, valendo ressaltar que o próprio autor alemão da tese veio ao Brasil e manifestou não aprovação e indignação pela aplicação em um sistema democrático e da maneira dirigida para condenação como foi aplicada… Disse que sua aplicação só em casos excepcionais e mesmo assim não pode dispensar A OBRIGATORIEDADE DAS PROVAS.

    Em trocados, o Domínio de Fato, aplicado à AP 470 é mais ou menos assim: O casal dorme na cama e pela manhã o marido descobre que sua esposa não acordou, morreu de alguma coisa e ele não percebeu nada durante a noite… Pelo tal domínio de fatoele seria condenado e não precisaria de qualquer provas. Outro caso: Dois colegas vão à praia, um morre afogado… O outro seria condenado por assassinato. Não precisaria de quaisquer provas. Indícios e suspeição seriam suficientes….

    O julgamento portanto está todo eivado de erros e o JB mostrou-se desde o começo totalmente como inimigo dos réus do PT e simpatizante das teses da mídia e muito amigo de líderes do PSDB.

    A meu ver, o STF julgou de maneira proposital para condenar e agradar a grande mídia e seguimento de opositores do PT.

    Tudo mostra que o STF agiu de maneira não isenção e fez de tudo para cumprir a condenação que a grande mídia já alardeava, anunciava e torcia.

    Os opositores midiáticos e políticos ganharam esta… Mas acho que o povo não irá atrás deles.

    Em tempo: Mais uma vez agradeço ao JUDSON pela publicação de meus comentários em seu site.

    Curtir

  2. Segundo Lewandowski, a dosimetria (cálculo das penas) imposta ao petista “é imprestável” e não poderia ser usada pela Corte. “Essa desproporção fica mais evidente quando comparamos a pena base de José Dirceu pela prática de corrupção ativa”, disse.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s