Nadabe moderno

O choqueO atual templo-sede da Assembleia de Deus em Joinville ainda estava em construção. Serventes, eletricistas e pedreiros executavam as suas tarefas nas dependências semiacabadas do prédio quando se ouviu um estouro.

Todos correram para ver o que havia acontecido e depararam com um servente novato que saía do local do acidente. Ele estava mais branco que uma capa de batismo e se movia em passos cambaleantes.

Os trabalhadores foram ver o local exato da explosão e encontraram uma das tomadas praticamente carbonizada.

— Foi por causa desta água aqui — disse alguém.

De fato, um líquido ainda escorria pela parede e com certeza ao entrar em contato com a fiação dera um tremendo choque no rapaz. Só que não era água coisa nenhuma. Dos muitos locais em que poderia ter aliviado a bexiga, o desatento servente fora desaguar justo sobre um dispositivo de energia.

Ou quem sabe alguma força invisível tentou fulminar o sacrílego que ousara uma libação com “água estranha” naquele local consagrado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s