Meditações ao acaso: Jó 1.1

***

Ícone - Meditações ao Acaso

O sumário das virtudes do patriarca Jó caracterizava-o com alguém que se desviava do mal. Essa é uma forma eficaz de vencer o mal  ou de não ser vencido por ele, porque o mantemos a distância.

A outra forma de vencer o mal é lutar contra ele. Talvez haja mais méritos nessa modalidade de luta espiritual, porque vitórias reais são computadas, enquanto os que optam pela fuga podem ter uma vida espiritual saudável e vitoriosa, mas a sua postura num confronto direto será sempre uma incógnita. Além disso, por mais que se fuja do mal, cedo ou tarde, a colisão acontecerá. Jó é prova disso.

Os que se propõem enfrentar o mal também correm risco. Além da possibilidade de entrarem num combate para o qual não estão preparados, as sucessivas vitórias podem levá-los a um sentimento de autossuficiência que pode ser fatal para eles. E assim, ainda que se sintam vitoriosos, já estão derrotados, e a derrota mais visível também acontecerá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s