Quem te viu, quem TV

***

Uma pesquisa encomendada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência concluiu que apenas 3% dos brasileiros não assistem à televisão.

Eu com certeza estou entre os 3%, se a pesquisa diz respeito à TV aberta. Já tive o hábito de ficar horas diante do aparelho. Assisti a umas poucas novelas do início ao fim, a muitas edições do Jornal Nacional e até algumas daquelas porcarias que infestam os lares nas tardes de domingo, ainda que nunca como entusiasta, e estou incluindo nisso o futebol. Mesmo assim, nada que se compare ao tempo que sempre dediquei aos livros.

Já tive TV paga e por vários anos ignorei a TV nacional. Com o avanço da Internet nos últimos anos, baixo os filmes, documentários e seriados que quero assistir. Busco informações nos blogs e nas revistas e jornais eletrônicos. E já é coisa demais.

Não sei se a pesquisa fez este tipo de questionamento, mas percebo no telespectador comum uma dependência quase química e uma fidelidade quase religiosa à programação da TV aberta. Diante das críticas ao conteúdo apresentado nos canais gratuitos, já vi muita gente retrucar: “Mas então o que eu vou assistir?”.

Se não se cogita um substituto, como um livro ou a conversação, a resposta para mim parece óbvia: nada.

Mas vá convencer disso 130 milhões de brasileiros!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s