Crescimento vegetativo

***

Uma igreja anglicana de Niterói recebeu um novo clérigo. Ele assumiu o cargo consciente de que a sua paróquia estava longe de apresentar ou de se preocupar com um crescimento exuberante no número de fiéis.

Mas o recém-chegado ministro teve a prova definitiva da infertilidade do rebanho no dia em que um casal veio procurá-lo para tratar do batismo do filho — talvez o primeiro acréscimo àquela comunidade em muitos anos.

Como não se lembrava de ter visto ainda a pia batismal, saiu a procurá-la, talvez pensando encontrá-la num cômodo mais restrito do templo. Por fim descobriu que ela se encontrava no local onde costumam estar as pias batismais e só não  estava visível por uma razão.

Pela falta de uso, alguém, convencido da inutilidade do recipiente para o seu propósito original, havia plantado uma samambaia dentro pia.

Contada pelo Alexandre Coelho, hoje gerente editorial da CPAD e amigo do clérigo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s