Lições Bíblicas: “O presbítero, bispo ou ancião”

Lição 11 — 2.° trimestre de 2014

Esta é outra lição em que o comentarista analisa o ministério de presbítero sem confrontá-lo com a prática assembleiana, para esclarecer as diferenças. Nas Assembleias de Deus, o presbítero nem mesmo é considerado ministro. Assim, ao ministrar a aula, tenha em mente que o aluno jamais irá encontrar na congregação um presbítero que se encaixe no conceito neotestamentário. Na verdade, o autor tenta interpretar o ministério bíblico de presbítero à luz da prática denominacional, o que só faz aumentar a confusão. A seção III é um exemplo. A ideia de que o padrão ministerial da igreja primitiva era “pastor titular” + “conselho de presbítero” chega a ser ridícula (seção II.3). E nem vamos falar da evolução histórica. Portanto, não deixe de esclarecer os alunos sobre as diferenças entre o Novo Testamento e os nossos estatutos.

A escolha dos presbíteros

Encontramos um exemplo do intercâmbio dos três significados do termo “presbítero” em Atos 20. No versículo 17, Paulo manda chamar “presbíteros” da igreja de Éfeso. No versículo 28, o apóstolo aconselha o mesmo grupo: “Tende cuidado de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos“. E, no mesmo versículo, acrescenta que o Espírito Santo os constituiu para pastorear a igreja de Deus (A21).

“Os anciãos ou ‘presbíteros’ (presbyteroi) aparecem já no início da vida da igreja, e assumem posição juntamente com os apóstolos, profetas e mestres. Em Jerusalém, estão associados a Tiago no governo da igreja local da maneira usada na sinagoga (At 11.30; 21.18), mas em associação aos apóstolos compartilham, também, do governo mais amplo, tipo Sinédrio, da igreja inteira (At 15.2,6,23; 16.4). Um apóstolo pode ser um presbítero (1Pe 5.1). […] Os presbíteros aos quais Paulo dirigiu a palavra em Éfeso (At 20.17ss.) e aqueles aos quais 1Pedro e Tito falam, têm um lugar decisivo na vida da igreja. Além da sua função de humilde supervisão pastoral, deles depende, em grande medida, a estabilidade e a pureza do rebanho quando as tentações e crises se aproximam. Ocupam uma posição de autoridade e de privilégio que pode ser abusada. São coparticipantes do ministério de Cristo entre 0 rebanho (1Pe 5.1-4; At 20.28; cf. Ef 4.11)” (R. S. Wallace).

A importância do presbitério/ Os deveres do presbitério

Sobre a atuação do presbitério, pesquise um pouco sobre os sistemas de governo da igreja: episcopal, presbiteriano e congregacional. Já adianto que as Assembleias de Deus adotaram uma forma de governo que apresenta semelhanças e diferenças com os três sistemas, sem se identificar de maneira direta com nenhum deles.

O pastor Altair Germano faz um comentário a uma declaração de Eurico Bergstén que se encaixa na questão de interpretar a Bíblia à luz das práticas denominacionais, que já mencionei. Diz Eurico Bergstén: “Apesar de os presbíteros não serem ministros da Palavra, os ministros, necessariamente, eram presbíteros. Assim ficava distinguida a liderança que lhes fora dada por Deus”. À frase grifada, o pastor Altair comenta: “Não havia a citada distinção entre ‘ministros’ e ‘presbíteros’. Os presbíteros eram também ministros. Nem mais, nem menos que isso”.

Aliás, sugiro que você leia todo o artigo, que será muito útil para a sua aula: Presbíteros são ministros da Palavra?

Lição 12 (leia aqui).

BIBLIOGRAFIA. * Ensinai: Curso de Teologia Ministerial. Ministério cristão. 
Coordenação editorial de Judson Canto. 3. ed. Curitiba: AEIEADC, 2010. * 
Wallace, R. S. Presbítero. In: Elwell, Walter A. (Org.). Enciclopédia 
histórico-teológica da igreja cristã. Tradução de Gordon Chown. São Paulo: 
Vida Nova, 1988, v. 2.
Anúncios

Um comentário em “Lições Bíblicas: “O presbítero, bispo ou ancião”

  1. E pra complicar ainda mais, em muitas congregações o professor sequer conhece o assunto e só faz ler a lição e concordar com o comentarista e o povo diz amém.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s