Banquete frustrado

***

Nunca matei um passarinho. Eu tinha estilingue (funda, como chamávamos em Jaguaruna), mas gastava a minha munição de pedras, bolinhas de gude ou bagas de mamona apenas em alvos fixos e sem vida. Não me conformava com o fato de alguns de meus amigos matarem os bichinhos só por esporte.

Um dia, quando eu era bem pequeno, o meu primo Dalton matou um passarinho. Uma rolinha, acho. Mas dessa vez não lamentei, porque ele tinha planos para o animalzinho abatido: iríamos comê-lo no almoço. Na verdade, fiquei todo entusiasmado com a nova experiência.

O passarinho então foi depenado, aberto ao meio, expurgado das partes não aproveitáveis e colocado à espera num pires até a hora do almoço. O pires com a pequena ave foi guardado num armário da cozinha fora da minha vista e alto o bastante para impedir que eu ficasse mexendo.

Passei horas ansiosas imaginando que o gosto daquela iguaria, que a minha mãe se prontificou a preparar especialmente para mim e para o meu primo, até porque não dava para dividir com muita gente. Para passar o tempo, fomos brincar na rua.

Finalmente, chegou a hora de preparar o nosso banquete, e corri para a cozinha, disposto a acompanhar todo o processo. Com os olhinhos brilhando acima do rosto sujo e com a reverência de quem acompanha um ritual de sacrifício, fiquei esperando o Dalton retirar do armário o que seria a nossa refeição.

Então senti o chão sumir sob os meus pés. O pires estava vazio! O prato principal do nosso almoço havia sumido!

O que teria acontecido? Mistério nenhum. O gato da casa se antecipara a nós. Sorte dele que eu também não gostava de matar gatos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s