Meditações ao acaso: Efésios 6.11-13

Revestir-se da armadura de Deus não é um simples gesto, mas um processo. Não é como vestir uma capa mágica ou ativar um campo de força ao aperto de um botão e ficar mostrando a língua para o inimigo impotente do lado de fora.

A metáfora da armadura implica uma batalha real, um combate corpo a corpo com o inimigo, onde o perigo é real, e isso implica também muita disciplina e treinamento até o ato de vesti-la. Quem toma a armadura de Deus, portanto, não está praticando uma ação isolada, mas assumindo a vida de soldado espiritual em todos os seus aspectos.

Anúncios

Um comentário em “Meditações ao acaso: Efésios 6.11-13

  1. (aqui é o Toninho) Vamos a uma analogia; a ovelha é o único animal que o líder não é da sua espécie: seu líder é um pastor…Portanto ela é frágil, nem quando tosquiada ela se protege do frio, sem saber o que sente!
    Portanto veste armaduras quem a escolta…O escritor aos Efésios esta falando a Líderes e seus comandados …Porque é quem guarda que esta com armas em punhos, e não quem é protegido.
    Somos de Cristo mas não somos como o mundo secular que ninguém quer bater o cartão.só quer ser patrão;
    Quando resolvi seguir a Cristo, fui lapidado por um Diácono (Vicente Fischer hoje mora em Balneário Barra do Sul) para ingressar em sua equipe de evangelismo;
    Hoje posso dizer que fui forjado para o propósito …Antes eu era ovelha agora sou discípulo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s