Sal, luz e Bíblias obrigatórias

Li hoje a notícia de que o Ministério Público do Rio de Janeiro pretende anular a lei 5.998/11, que obriga todas as escolas do estado a ter um exemplar da Bíblia em sua biblioteca. Fiquei estarrecido.* Não pela ação do MP, mas pelo fato de tal lei existir. Ela é da autoria de um assembleiano de Volta Redonda, o deputado Edson Albertassi, e prevê multa de 1.000 UFIRs (cerca de 2,5 mil reais) para a escola infratora e o dobro pela reincidência.

Como qualquer pessoa com mais de dois neurônios (eu tenho dezessete), não caio na esparrela do Estado laico, da maneira em que hoje se apresenta. Mas também tenho horror ao Estado religioso. Já disse em outra postagem que um país governado pela Assembleia de Deus não será melhor nem mais justo que um Estado muçulmano, e isso também vale para o ateísmo. A relação da igreja com o mundo não é de governo. Se você ler determinadas passagens do Novo Testamento, como Romanos 13, verá que as duas instituições não se misturam, e essa é a vontade de Deus para a era da igreja.

Cristo queria que os seus seguidores fossem luz e sal. Como luz, devemos iluminar o mundo com a verdade. No entanto, uma luz não impõe a ninguém um caminho, apenas o ilumina. O sal é mais ativo, porém preserva as coisas que fazem bem à humanidade por aquilo que ele é, não por artificialismos. E essa analogia simples desmonta a tentativa de cristianização por expedientes legais ou por quaisquer outros meios.

Uma lei desse tipo lembra mais a Inquisição que os ensinos coerentes e amorosos de Jesus. Como cristão, eu desejaria que não só todas as escolas, mas todos os alunos, tivessem acesso a uma Bíblia e a conhecessem melhor, pelo menos para se preservar da atual ditadura do politicamente “correto”. Já seriam beneficiados assim. Mas a citada lei tomou um caminho errado e, além de não iluminar nem esclarecer, é um demérito para a cristandade, que não anda lá muito prestigiada no país.

A lei de Albertassi é sintomática. Se precisamos criar leis para ter Bíblias nas escolas, é porque não soubemos mostrar a verdade aos que nos cercam. Somos uma lâmpada quebrada no poste. Se só conseguimos aproximar as pessoas da Bíblia por meio de ameaças, em vez de atraí-las para o Livro pela aura de nossa influência, é porque algo em nossa essência se perdeu. Não é uma lei esdrúxula que irá consertar isso.

 * Posso até ter lido algo sobre essa lei na época, mas só agora caiu a ficha.
Anúncios

5 comentários em “Sal, luz e Bíblias obrigatórias

  1. Faltou completar o comentario anterior… “perfeita essa colocação. Por que será que para alguns é tão dificil entender isso?”

    Curtir

  2. Cristo queria que os seus seguidores fossem luz e sal. Como luz, devemos iluminar o mundo com a verdade. No entanto, uma luz não impõe a ninguém um caminho, apenas o ilumina. O sal é mais ativo, porém preserva as coisas que fazem bem à humanidade por aquilo que ele é, não por artificialismos

    Curtir

  3. A “Bancada Evangélica”, que muitas vezes não lembra em nada o evangelho de Cristo, tem que saber que temos a liberdade de culto, mas também temos a liberdade de “não culto”. Não se deve obrigar ninguém a ler a bíblia, ou colocar o evangelho goela abaixo das pessoas.
    Em países onde não há liberdade religiosa, há milhares de cristãos morrendo, e aqui não seria diferente se não houvesse liberdade. Seria uma matança, se não física, de liberdade.

    Curtir

  4. Judson,

    Lembrei da Pressão Pré-Eleitoral: “irmãos, a gente precisa colocar nosso representante lá, pra defender nossos interesses”…

    E ainda é assembleiano…

    Quem não é?..

    Fica na Paz do Senhor!

    Curtir

  5. É verdade.
    Que caia também a nossa ficha de nossa própria responsabilidade… (e eu me incluo especialmente neste pedido/oração).
    Graça e Paz!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s