Coincidências existem

Você já deve ter lido alguma coisa sobre coincidências incríveis. E hoje estava lembrando que vivenciei uma delas.

Numa época em que eu lia de tudo, devorava um romance barato quando cheguei à cena em que dois homens apostavam a quitação de uma leiteria. A aposta consistia em cada um deles retirar uma carta do baralho. Quem tirasse a carta de valor maior seria o vencedor, naturalmente. O credor tirou uma dama de paus. O devedor tirou um rei de ouros e ficou com a leiteria.

Passado algum tempo, eu estava na casa do Tio Ézio, irmão do meu pai, onde eu costumava ir todas as tardes, quando lembrei da história. Achava-me numa área coberta que ligava a casa principal a outra construção nos fundos, que incluía cozinha, lavanderia e garagem. Sobre uma mesa, estava o baralho com o qual costumávamos jogar canastra, valete maluco e pife. Minha prima mais nova, Dalcira, brincava ali perto. Então a chamei, estendi-lhe o baralho e pedi:

— Cira, tire uma carta.

Ela tirou, e, quando virei a carta para cima, lá estava: dama de paus. Das 108 cartas do baralho (2 vezes 52 cartas mais 4 curingas), ela extraíra exatamente a que eu estava pensando! Claro, havia duas damas de paus no baralho, mas ainda assim era uma chance em 54.

Ela voltou a brincar, e, já espantado com aquela coincidência, puxei outra carta do maço duplo depositado sobre a mesa. Virei a carta e… rei de ouros! Quais as chances de isso acontecer duas vezes seguidas?

Ok, digamos que não seja uma coincidência incrível. Mas é pelo menos respeitável, não?

Anúncios

2 comentários em “Coincidências existem

  1. Bom! você sempre se desafiou a si mesmo…quando lia os almanaque do professor pardal … você procurava esclarecer as experiência para você mesmo para explicar a nós …E como zoavas dos ilusionistas que lá pela cidadezinha passava; sempre tiveste a mente fixa naquilo que queria executar…Por isso seria uma coincidência se não avaliar tua adolescência e juventude… tenho certeza que tem mais que essa; valeu.

    Outras virão, sem dúvida.

    Curtir

  2. Judson,

    Já ocorreu várias vezes comigo o seguinte, logo após eu pensar em alguém distante, ou tal pessoa me ligava ou ela aparecia…. Alguns arriscam dizer que trata-se de um fenômeno mental cujas pesquisas científicas ainda engatinham diante do mistério, outros atribuem estes eventos a uma simples coincidência. Mas que tais coisas são interessantes e nos deixam surpresos é inegável.

    Abraço meu irmão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s