Abraão e a prosperidade

Adaptado do artigo: Lições Bíblicas: “As bênçãos de israel e o que cabe à Igreja”

Não se pode negar que a prosperidade material fazia parte das promessas feitas por Deus a Abraão. Uma “grande nação” tinha de ser necessariamente próspera. Percebe-se que Deus não tardou a conceder riqueza material a Abraão. A própria terra prometida à sua descendência era uma bênção material, uma região muito rica do Oriente Médio.

Todavia,  está claro que a riqueza não foi a maior motivação do patriarca. O que o levou a deixar a sua terra natal e os parentes e partir para o desconhecido foi a sua fé. Esse é o legado de Abraão, porque os bens materiais podem ir e vir (Israel experimentou essa realidade algumas vezes). Abraão é admirado até hoje não por sua riqueza, mas por que creu em Deus. Sua reputação sobrevive às barreiras do tempo e da religião: ele é igualmente admirado no judaísmo, no islamismo e no cristianismo. Não é raro hoje o rico ser mais conhecido por ser canalha, mas o caráter de Abraão superou em muito a sua riqueza. O caráter cristão deve estar sempre acima do que o crente possui.

A teologia da prosperidade promete bênçãos materiais ao indivíduo que expressa a sua fé na forma de oferta financeira (a tal “semeadura”), mas se isso funcionasse, os milhões de membros das igrejas que pregam essa doutrina teriam de ser ricos, ou pelo menos uma boa parte deles. Posso citar como exemplo o caso de um taxista com quem conversei certa vez. Ele era membro da IURD havia mais de dez anos, mas a qualidade das roupas que vestia e as longas horas diárias que era obrigado a trabalhar indicavam que os padrões de riqueza prometidos pela denominação estavam ainda muito longe. O que tenho percebido é que a lei da “semeadura” tem levado o povo até a descrer da Bíblia e a zombar dela (leia aqui). Abraão se destaca como o nosso pai na fé pela obediência, não por alguma oferta interesseira. Ele deu o dízimo de tudo que possuía quando já era rico, ou seja, depois que Deus lhe deu prosperidade material.

Penso que a fé e o caráter fazem parte do tesouro que ajuntamos no céu e constituem o verdadeiro legado que deixamos aqui na terra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s