O mistério da geladeira

Dias atrás, a geladeira da quitinete que alugo desde que retornei a Curitiba começou a emitir um odor estranho, não aquele cheiro característico que pode ser combatido com um simples desodorizante, mas de coisa estragada mesmo. Na condição de solteiro com limitadíssimas aptidões culinárias, não guardo muita coisa nesse espaço refrigerado, exceto alguma carne no congelador e água, lacticínios, sucos, ovos, verduras, legumes e alguns potes de produtos diversos distribuídos pelas prateleiras e gavetas, tudo em quantidades mínimas.  

Numa rápida conferência visual, não vi nada que parecesse a fonte do mau cheiro. As carnes congeladas, como a maioria dos outros itens, eram de pouco tempo, os vegetais não estavam passados e os potinhos descansavam indolentes na porta fazendo companhia aos sucos e ao leite.

Intrigado, aprofundei a investigação e só consegui parecer um retardado cheirando as partes íntimas e frias do monstrinho de lata. Como nada sugeria (na minha modesta opinião) uma limpeza urgente, o mistério tornou-se ainda mais profundo e malcheiroso.

Como sei que os maus espíritos, como criaturas mal-educadas que são, costumam exalar odores fétidos para atormentar as pessoas, cheguei a pensar na possibilidade de a geladeira estar possuída. Mas como ela nunca chacoalhou, nem levitou, nem me xingou em latim, acabei descartando a ideia.

Então, ontem, após mais de uma semana de tribulações olfativas, finalmente resolvi o mistério. Um potinho de requeijão light, que não estava bem fechado e escapara à minha inspeção visual, expelia por uma abertura ínfima as evidências do fim de sua validade. Expurgada a causa do problema, tudo voltou ao normal.

Deixo então aos leitores esta preciosa lição: um milímetro de negligência pode gerar dias de sofrência.

Anúncios

Um comentário em “O mistério da geladeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s