Sobre mudanças e apreensões

MudançaEstou para mudar. De cidade. De rotina. De planos.
E toda mudança, ainda que impelida por boas expectativas, tem as suas apreensões.
Despedidas.
Abandono da zona de conforto.
Lembranças e planos que se misturam.
Incertezas. (Minha partida magoará alguém? Devo ficar mais um pouco? Estou indo para o lugar certo? Tudo sairá como planejei? O que faço com a caneca do Elvis?)
Arranjos de última hora.
A viagem, aquela espécie de limbo, em que não se pertence a lugar nenhum.
A chegada, uma incógnita. Porque, apesar dos planos, do otimismo e de relativas garantias, ninguém pode ter certeza de nada.
O futuro a Deus pertence, diz o clichê, mas o problema é saber onde o meu se encaixa.
Se me concentrar em Deus, ele aplainará os meus caminhos, diz a Bíblia, mas nem sempre consigo ver para onde estou sendo levado.
Aguardo uma orientação mais personalizada, mas não ouço vozes interiores. Nenhuma criatura luminosa vem me visitar. As jumentas não falam comigo.
Contudo, me pego crendo. (“Se a paz sobre nós seu véu descer/ Se a tempestade a terra abalar…”)
É que a fé tem as suas apreensões também, conclui este meu ser incoerente.
Mas como é possível ter fé e estar apreensivo? Não sei. (Ah, Chicó!) Só sei que é assim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: