O balido chega a 1 milhão de acessos

1000000-de-acessos

O blog contabilizou hoje um milhão de acessos. Não é um número tão impressionante, após sete anos e meio de atividades, mas acho que vale o registro. Mesmo que a produção de textos esteja meio parada faz algum tempo, a média em 2016 foi de 304 acessos diários. Então, muito obrigado aos meus poucos e fiéis leitores.

Estas foram as postagens mais acessadas até agora:

1. Morre o pastor David Wilkerson More stats 182.734
2. Devemos dar o dízimo do líquido ou do bruto? More stats 44.720
3. Notícia de cristãos queimados vivos é falsa More stats 40.836
4. Apresentação de crianças e o “exemplo de Jesus” More stats 26.979
5. Algumas curiosidades sobre os Profetas Menores More stats 15.634
6. Versão on-line do VOLP com nova ortografia More stats 13.565
7. O verdadeiro dom de revelação More stats 10.395
8. Pastor Silas Malafaia desliga-se da CGADB More stats 9.748
9. Polícia Federal investiga Samuel Câmara More stats 8.917
10. Bíblia Dake: pastor Antonio Gilberto fala a O balido More stats 8.817

Morre o pastor Claudiney Nunes

pastor-claudinei-nunes

Morreu hoje, vítima de fibrose pulmonar, o pastor Claudiney Nunes. Ele era componente do conjunto Dedos de Davi.

A primeira das muitas vezes vez que vi o grupo cantar foi na década de 1970, quando ele e seus irmãos ainda eram bem jovens.

A página do Facebook de seu irmão, o deputado estadual Kennedy Nunes, traz estas informações:

O corpo do nosso mano, Pr Claudiney, estará até amanhã às 11h na igreja em Camboriú. Depois levaremos ele para Joinville onde ficará das 12h até as 16h na igreja sede em Joinville. Culto em Joinville será as 15h. Sepultamento as 16h30 no cemitério municipal de Joinville.

Pronto para recomeçar

icone-notas-diariasQuando o blog completou sete anos, prometi retomar as atividades praticamente interrompidas desde o início do ano por conta de um bloqueio criativo (isso existe) que veio se agravando mês a mês. Achei que com alguns chutes poderia acordar os meus dezessete neurônios deitados em berço esplêndido e colocá-los para trabalhar, mas parece que eles estavam pregados na cama. Durante esse recesso, tive novas ideias e ressuscitei outras antigas, que também arranjaram um leito para dormir o sono da indolência.

Publiquei apenas vinte postagens este ano, e das últimas cinco, quatro foram notícias da morte de pessoas importantes do meio evangélico com quem tive alguma interação (assumi comigo mesmo o compromisso de registrar essas mortes). Por isso, antes que o blog vire uma coluna de necrológios ou fique parecendo um jardim da saudade, retomo hoje as postagens diárias (ou quase) depois da promessa não cumprida de aniversário. Como gosto de publicar material inédito, apelando poucas vezes para a pesca de aquário e sempre com um bom motivo, a responsabilidade que me imponho é mais pesada que a da maioria dos meus colegas blogueiros, pelo menos nesse aspecto.

Fico lembrando também que, com evidentes ressalvas, escrever é o meu talento, e me sinto em dívida com os meus poucos e fiéis leitores quando deixo de exercer essa tarefa, principalmente porque o Reino de Deus está envolvido e o meu débito maior talvez seja com Ele. Por isso, estou mais uma vez refazendo a estrutura interna do blog. E, agora que obtive o registro profissional de jornalista, tenho intenção de tornar este espaço mais informativo, com entrevistas e outras matérias exclusivas. Pretendo ainda me aproximar um pouco mais dos leitores com a inclusão mais amiúde de fatos do meu cotidiano. Nesse meio-tempo, vou tentar trazer os meus acomodados operários mentais de volta à realidade — com a ajuda de um pé de cabra, se for preciso.

P.S.: Por falar em postagens sobre morte, soube que o pastor Raimundo de Oliveira, escritor da CPAD, morreu ontem em consequência de complicações pulmonares e cardíacas. Tive a oportunidade de conversar com ele uma ou duas vezes e passou-me a ideia de uma pessoa gentil e humilde. Fica aqui o devido registro, mas nem vou fazer uma postagem à parte, porque os leitores já devem estar assustados com o blog.

Morre o pastor Elben César

Morreu hoje o fundador da revista Ultimato. Estas são as informações extraídas do site da revista:elben-cesar

É com pesar que a família e a Editora Ultimato comunicam o falecimento do pastor Elben Magalhães Lenz César. Aos 86 anos, Elben César morreu hoje, quinta-feira, dia 6 de outubro de 2016, às 1h08 min., no Hospital Madre Tereza, em Belo Horizonte, MG, vítima de uma parada cardíaca, resultado das complicações clínicas enfrentadas nos últimos 29 dias de internação, após uma queda, em casa. Ele era casado com Djanira Momesso César, pai de cinco filhas, avô de dez netos e bisavô de quatro bisnetos.

O culto de gratidão por sua vida será realizado na Igreja Presbiteriana de Viçosa, às 9h desta sexta-feira, dia 7 de outubro e, em seguida, o sepultamento acontecerá no Cemitério Colina da Saudade, em Viçosa, MG.

Vi o pastor Elben uma única vez, numa premiação da ABEC (hoje ASEC — Associação dos Editores Cristãos), quando ele foi homenageado como personalidade literária do ano. Foi uma perda lamentável para o mundo editorial cristão do Brasil.

Morre o pastor Edison Queiroz

edison-queirozMorreu nesta quinta-feira, aos 67 anos, o pastor Edison Queiroz, líder da Primeira Igreja Batista de Santo André (SP). Ele era conhecido pelo seu engajamento em atividades missionárias, atestado por estas informações extraídas do Portal Guiame:

Formado em Teologia pela Faculdade Teológica Batista de São Paulo e em Administração de Empresas, o pastor Edison Queiroz acabou se tornando bem conhecido por ser um grande mobilizador de missões. Ele conseguiu implantar uma sólida visão missionária em sua igreja e chegou a ter 42 unidades missionárias em todo o mundo.

Por meio do COMIBAM (Cooperação Missionária Iberoamericana), ele conseguiu implantar a visão missionária na América Latina e por meio da COMHINA (Cooperação Missionária dos Hispanos da América do Norte) nos EUA.

Ainda segundo o Portal Guiame, a causa da morte foi um câncer no cérebro. Ele estava internado desde o mês de junho

Não o conheci pessoalmente, mas trabalhei na última edição de seu livro A igreja local e missões, publicada pela Vida Nova em 2014.